julho 14, 2021

Post in Não categorizado by Gabriel Catalani

ROAD TOWN, Ilhas Virgens Britânicas, 14 de julho de 2021 – Aura Minerals Inc. (TSX: ORA) (B3: AURA33) (“Companhia” ou “Aura”), informa que foi aprovada em 13 de julho de 2021 a realização da 1ª Emissão de Debêntures (“Emissão” e “Debêntures”, respectivamente) de sua controlada indireta, Aura Almas Mineração S.A. (“Almas”), no montante total de R$ 400 milhões (ou C$ 95.760.000,00[1]), sendo emitidas 400.000 Debêntures ao valor nominal unitário de R$1.000,00. As Debêntures serão objeto de oferta pública de distribuição com esforços restritos (“Oferta Restrita”), nos termos da Lei nº 6.385, de 7 de dezembro de 1976, da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nº 476, de 16 de janeiro de 2009, conforme alterada (“ICVM 476”) e das demais disposições legais e regulamentares aplicáveis.

As Debêntures terão vencimento em até 5 anos a contar da Data de Emissão das Debêntures, qual seja, até 13 de julho de 2026. Sobre o valor nominal unitário das Debêntures incidirão juros remuneratórios correspondentes a 100% da variação acumulada da Taxa DI, acrescidos exponencialmente de uma sobretaxa de 4,35% ao ano.

Na mesma data, Almas firmou um contrato de swap (“Swap”) com o Banco BTG Pactual S.A. para efetuar hedge integral das Debêntures. Nos termos do Swap, a Companhia assumirá uma posição ativa de R$ 400 milhões de Reais, recebendo juros remuneratórios correspondentes a 100% (cem por cento) da variação acumulada da Taxa DI, acrescidos exponencialmente de uma sobretaxa de 4,35% (quatro inteiros e trinta e cinco centésimos por cento) ao ano, e irá pagar a variação cambial de Reais Brasileiros vs. Dólares Americanos, acrescidos de uma taxa fixa linear de 5,84% ao ano. A operação de Swap possui cronograma de amortização de principal e juros idêntica ao cronograma de amortização de principal e juros das Debêntures.

Os recursos obtidos pela Almas a partir da Emissão serão integralmente utilizados para o desenvolvimento do Projeto Almas, localizado no Estado do Tocantins e/ou para investimento em aquisição de ativos ou participações societárias em outras sociedades que tenham como atividade principal a mineração, conforme detalhado na Escritura de Emissão.

A liquidação da operação está prevista para até 20 de julho de 2021.

As Debêntures contarão com garantias reais de alienação fiduciária de ações da Almas e penhor de concessões de lavra detidas pela Almas, bem como fianças da Aura Gold Ltda. e da Mineração Apoena S.A. A Companhia também prestará garantia corporativa em favor dos titulares das Debêntures no âmbito da Emissão.

A instituição intermediária líder da Oferta Restrita será o Banco BTG Pactual S.A.

ESTE FATO RELEVANTE NÃO CONSTITUI UMA OFERTA DE VALORES MOBILIÁRIOS PARA VENDA NOS ESTADOS UNIDOS. A OFERTA NÃO FOI E NÃO SERÁ REGISTRADA SOB O SECURITIES ACT, OU QUAISQUER OUTRAS LEIS DE VALORES MOBILIÁRIOS FEDERAIS OU ESTADUAIS DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, E AS DEBÊNTURES NÃO PODERÃO SER OFERTADAS, VENDIDAS, ONERADAS OU DE OUTRA FORMA TRANSFERIDAS NOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA, EXCETO SE FOREM REGISTRADAS OU ISENTAS DE REGISTRO OU NÃO SUJEITAS A REGISTRO SOB O SECURITIES ACT.

A Oferta Restrita estará automaticamente dispensada de registro de distribuição pública na CVM, nos termos do artigo 6º da ICVM 476, e será objeto de registro pela Associação Brasileira dos Mercados Financeiros e de Capitais – ANBIMA (“ANBIMA”), nos termos do artigo 16 e seguintes do Código ANBIMA, mediante envio da documentação descrita no artigo 18, inciso V, do Código ANBIMA, no prazo de até 15 dias contados do envio da comunicação de encerramento da Oferta à CVM.

A Oferta não foi e não será registrada na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (Securities and Exchange Commission) e não é e não será qualificada sob um prospecto em qualquer província ou território do Canadá.

 

Informações Prospectivas

Este fato relevante contém “informações prospectivas” e “declarações prospectivas” (coletivamente, “declarações prospectivas”) que incluem, mas não se limitam, à liquidação da operação de Emissão de Debêntures e utilização dos recursos obtidos por Almas com a emissão.

Riscos conhecidos e desconhecidos, incertezas e outros fatores, muitos dos quais estão além da capacidade da Companhia de prever ou controlar, podem fazer com que os resultados reais difiram de forma relevante daqueles contidos nas declarações prospectivas. Referência específica é feita ao Formulário de Referência mais recente arquivado perante a CVM e a B3 para uma discussão de alguns dos fatores subjacentes às declarações prospectivas.

Todas as declarações prospectivas aqui estão qualificadas por esta declaração de advertência. Assim, os leitores não devem depositar confiança indevida em declarações prospectivas. A Companhia não assume nenhuma obrigação de atualizar publicamente ou de outra forma revisar quaisquer declarações prospectivas, seja como resultado de novas informações ou eventos futuros ou de outra forma, exceto conforme possa ser exigido por lei. Se a Companhia atualizar uma ou mais declarações prospectivas, não deve ser feita nenhuma inferência de que fará atualizações adicionais em relação a essas ou outras declarações prospectivas.

O presente fato relevante possui caráter exclusivamente informativo e não deve ser interpretado e/ou considerado, para todos os efeitos legais, como material de venda e/ou divulgação das Debêntures.

Sobre Aura 360 ° Mining

A Aura está focada na mineração em termos amplos – pensando holisticamente sobre como seus negócios impactam e beneficiam cada uma de nossas partes interessadas: nossa empresa, nossos acionistas, nossos funcionários e os países e comunidades que servimos. Nossa missão é encontrar, lavrar e fornecer os mais importantes e essenciais minérios que permitem ao mundo e à humanidade criar, inovar e prosperar e nossa visão é ser uma das mineradoras mais confiáveis, responsáveis, respeitada e orientada por resultados. Chamamos isso de mineração 360°.

Aura é uma empresa focada no desenvolvimento e operação de projetos de ouro e metais básicos nas Américas. Os ativos produtores da Companhia incluem a mina de ouro de San Andres em Honduras, a mina de ouro Ernesto/Pau-a-Pique no Brasil, a mina de cobre, ouro e prata de Aranzazu no México e a mina de ouro de Gold Road nos Estados Unidos. Além disso, a Companhia possui mais dois projetos de ouro no Brasil, Almas e Matupá, e um projeto de ouro na Colômbia, Tolda Fria.

 

Para mais informações, visite o site da Aura em https://ir.auraminerals.com/ ou entre em contato:

Relações com Investidores
Gabriel Catalani
E-mail: ri@auraminerals.com
Telefone: (11) 2164-7313
https://ir.auraminerals.com/

 

[1] Baseado na cotação média diária publicada pelo Bank of Canada em 12 de julho de 2021.